Você está aqui: Página Inicial / 1ª Caminhada pelo Autismo conta com a participação de vereadores

1ª Caminhada pelo Autismo conta com a participação de vereadores

por Assessoria de Comunicação última modificação 04/02/2019 14h26

Com o slogan “Juntos somos mais fortes” evento movimentou o domingo

No domingo (03), a presidente da Câmara Municipal de Capão da Canoa, Lavina Dias de Souza (Professora Lavina - PDT), e os vereadores Flávio Lara (PSB) e Juliana Martin (MDB) participaram da 1ª Caminhada pelo Autismo. O evento teve por finalidade conscientizar a sociedade sobre as questões do autismo, mostrando o quão importante é compreender e aceitar as diferenças.

A caminhada iniciou na frente da prefeitura e seguiu até o Largo do Baronda, na beira-mar. De acordo com a organizadora e educadora especial, Caren Melissa Santos, o autismo não tem cara, diferente das síndromes que possuem características e estereótipos. Ele acomete qualquer pessoa. “Nossa vontade foi ajudar a APAE mostrar para a população que temos muitos autistas e precisamos inseri-los no convívio social”, conta.

Conforme a presidente Lavina, a missão da caminhada foi buscar o espaço dos autistas na sociedade. “O Legislativo defende a bandeira da inclusão social, pois ser diferente é ser humano. Que essa caminhada seja a primeira de muitas e, incentive outros grupos a defenderem as suas causas”, disse.

Em 2018 a Câmara aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Ordinária nº 054/2018 de autoria do vereador Flávio Lara, o qual solicita a inserção do símbolo mundial do autismo no atendimento prioritário nos estabelecimentos do município. O projeto foi sancionado pelo Executivo e gerou a Lei Ordinária nº 3314, de 22 de maio de 2018.

A 1ª Caminhada pelo Autismo foi pensada e organizada por Maiara Semeler e a educadora especial Caren Melissa Santos, com o apoio da APAE e AMA de Capão da Canoa, Super da Praia de Capão Novo, Legislativo e Executivo.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados