Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Biblioteca Pública, um dos patrimônios culturais de Capão da Canoa

Biblioteca Pública, um dos patrimônios culturais de Capão da Canoa

por Assessoria de Comunicação última modificação 08/12/2017 22h56
Biblioteca Pública, um dos patrimônios culturais de Capão da Canoa

Fachada da biblioteca. Assecom

Largamente explorada e visitada pelos adeptos dos livros, a Biblioteca Pública Municipal Valdomiro de Souza Titoni, é um dos patrimônios culturais de Capão da Canoa. São 31 anos incentivando a comunidade ao hábito saudável da leitura e a valorização da literatura, desde a regional até a internacional.


Inicialmente denominada como Biblioteca Pública do Poder Legislativo de Capão da Canoa, o espaço literário foi fundado em 29 de outubro de 1986, por meio da Resolução Municipal N° 002 11/08. Mas durante o 26º aniversário de emancipação política do município, no dia 12 de abril de 2008, em uma solenidade especial antecipando a tradicional entrega da Medalha Amigos de Capão da Canoa, a biblioteca ganha novo nome.


Através da Lei Municipal N° 2.499, de 27 de dezembro de 2007, a casa dos livros passa a se chamar Biblioteca Pública Municipal Valdomiro de Souza Titoni. A nova denominação foi dada em homenagem a um de seus idealizadores, o saudoso vereador Valdomiro de Souza Titoni, falecido no ano de 2005.


Com um acervo de 50 mil exemplares bibliográficos, classificados e catalogados no computador entre livros didáticos, técnicos, dicionários, periódicos e revistas, literatura infanto-juvenil, brasileira, estrangeira, além de livros em braile, a biblioteca é aberta a população e aos turistas. Seu patrono é o renomado escritor João Gilberto Noll, vencedor do Prêmio Jabuti por cinco vezes.


De acordo com a bibliotecária responsável, Roberta dos Reis Barbieri, a biblioteca possui produtos literários diversificados e para todas as idades. “Diariamente recebemos pessoas de faixas etárias diferentes que vem em busca de livros para seus trabalhos escolares, acadêmicos ou simplesmente para lazer”, conta.


Atualmente, a biblioteca tem cerca de 14 mil sócios e uma média de 200 novos livros por mês, provenientes de doações. Mas ela não é apenas composta por livros, possui um laboratório de informática, onde consultas e trabalhos podem ser feitos, áreas de lazer para crianças, jovens e adultos, bem como salas equipadas no andar superior para reuniões e demais atividades sociais e educativas. Consultas online também podem ser realizadas pelos usuários, basta acessar www.gnuteca.cmcc.rs.gov.br.


Para o Presidente da Câmara Municipal de Capão da Canoa, Joel de Matos Novaski, a Biblioteca Pública Municipal Valdomiro de Souza Titoni é uma das mais qualificadas do litoral norte. “Nossa biblioteca possui uma infraestrutura diferenciada, que oferta aos munícipes diversos materiais atualizados. Em breve vamos contempla-la com melhorias e aquisição de novos livros e equipamentos eletrônicos”, afirma.


Aos que desejam se associar, é necessário comparecer à biblioteca e apresentar a Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento e o comprovante de residência. Os sócios novatos podem retirar apenas um volume nas três primeiras locações, após estão liberados para pegar até três livros. O prazo para a entrega é de dez dias, podendo ser renovado. São realizados aproximadamente 300 empréstimos mensais.


A biblioteca funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia. Cabe lembrar que localiza-se na Avenida Rudá, nº 745, junto à Câmara Municipal de Capão da Canoa, a sua mantenedora.  Para mais informações, ligue (51) 3625-5300.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados